A PREFEITURA DE SERRA DO MEL SEGUE CRONOGRAMA DE LIMPEZA DAS VILAS.

Por meio da Secretaria de Infraestrutura, a Prefeitura de Serra do Mel segue o seu cronograma de limpeza das vilas rurais da cidade.

A última delas foi a Vila Amazonas, que fica localizada na zona norte da cidade, onde a equipe da secretaria fez a retirada de entulhos, limpeza de acostamento e do matagal que ficam localizados próximos às residências.

Outro serviço realizado pela prefeitura é a manutenção preventiva e corretiva com máquina motoniveladora, objetivando trazer mais eficiência nos serviços prestados pela gestão municipal, com tranquilidade e segurança para os moradores.

De acordo com Jairton Azevedo, diretor executivo de Obras, Abastecimento e Saneamento, juntamente com o secretário Kênio Azevedo, a equipe faz visitas constantes nas vilas justamente para localizar pontos que necessitam de maior atenção e correção.

“O prefeito Bibiano tem sempre orientado para que os serviços sejam urgentes, que os problemas sanados imediatamente com o objetivo de melhorar para os moradores. E é isso que a secretaria vem realizando”, disse o secretário Kênio Azevedo.

A PREFEITURA DE SERRA DO MEL ENTREGA MATERIAL ESPOTIVO PARA SELEÇÃO SUB 21

A Prefeitura de Serra do Mel, via secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, realizou nesta terça-feira, 5, a entrega de material para os jogadores da Seleção Sub 21 que irá disputar o “Super Matutão”. 

A entrega aconteceu após o treino da seleção que estava sendo comandado pelo técnico Jéu Costa, momento em que o prefeito Josivan Bibiano conversou com os jogadores, técnico e realizou a entrega de chuteiras, bolas, luvas, entre outros materiais para a equipe.

“É um apoio e incentivo essencial até mesmo para que os atletas possam ter um melhor rendimento em campo. Que disputem a competição com garra e determinação, principalmente porque o Super Matutão é uma competição de alto nível. Acreditamos no potencial da equipe, que será campeã”, disse o prefeito.

Já a secretária de Milane Azevedo, da pasta da Educação, Cultura, Esporte e Lazer, disse que  a gestão do prefeito Bibiano sempre esteve de portas abertas para auxiliar os atletas das mais diversas modalidades, não apenas no futebol.

MORRE O CARDEAL CLÁUDIO HUMMES, ARCEBISPO EMÉRITO DE SÃO PAULO.

O cardeal Dom Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo, morreu no último dia, 04 de julho, em São Paulo, aos 87 anos. A informação foi confirmada, em nota, pelo cardeal Dom Odilo Scherer, arcebispo de São Paulo.

Segundo a nota, ele morreu “após prolongada enfermidade, que suportou com paciência e fé em Deus”.

Nascido em Montenegro (RS), em 1934, Hummes foi ordenado sacerdote em 1958 e sua ordenação episcopal ocorreu em 1975. Foi bispo diocesano de Santo André (SP), Arcebispo de Fortaleza e Arcebispo de São Paulo.

Dom Claudio, como era conhecido, foi um dos arcebispos mais conhecidos e reconhecidos. Entre 2006 e 2011, trabalhou ao lado do Papa Bento XVI, em Roma, como prefeito da Congregação para o Clero, onde permaneceu até ser substituído por limite de idade, no final de 2010.

De volta ao Brasil, ocupou a função de presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cargo que exerceu até março deste ano. Entre julho de 2020 e março de 2022 presidiu também a recém-criada Conferência Eclesial da Amazônia (Ceama).

Teve uma história de defesa da luta dos trabalhadores do Brasil. Seu apoio aos povos indígenas da Amazônia também foi lembrado pelo Vatican News, canal oficial do Vaticano, que lamentou sua morte. “Ele tinha 87 anos e um grande coração que pulsava – e não há retórica em dizer isso – ‘pelos pobres’. Os povos indígenas da Amazônia, como os missionários consagrados e leigos; os sedentos e famintos do ‘Sul do mundo’, como os operários mal pagos ou as vítimas das mudanças climáticas”, diz texto divulgado pelo Vatican News.

Em 2013, o papa Francisco afirmou a jornalistas que escolheu o nome que celebra São Francisco de Assis após ser alertado por Dom Cláudio, que estava a seu lado no momento da eleição, de que era preciso se lembrar dos pobres. “Não se esqueça dos pobres”, teria sussurrado Dom Cláudio ao Papa recém-eleito.

“Tinha ao meu lado o Cardeal Cláudio Hummes, o arcebispo emérito de São Paulo e também prefeito emérito da Congregação para o Clero: um grande amigo, um grande amigo! Quando o caso começava a tornar-se um pouco ‘perigoso’, ele animava-me. E quando os votos atingiram dois terços, surgiu o habitual aplauso, porque foi eleito o Papa. Ele abraçou-me, beijou-me e disse-me: ‘Não te esqueças dos pobres!’ E aquela palavra gravou-se-me na cabeça: os pobres, os pobres. Logo depois, associando com os pobres, pensei em Francisco de Assis”, disse o Papa Francisco a jornalistas em 2013.

O cardeal tratava um câncer. Seu corpo será velado na Catedral Metropolitana de São Paulo e Missas serão celebradas para homenageá-lo. Os horários do velório, do enterro e das missas não foram ainda divulgados pela Arquidiocese de São Paulo.

“Convido todos a elevarem preces a Deus em agradecimento pela vida operosa do falecido Cardeal Hummes e de sufrágio em seu favor, para que Deus o acolha e lhe dê a vida eterna, como creu e esperou. Deus acolha em suas moradas eternas nosso irmão falecido, cardeal Cláudio Hummes, e faça brilhar para ele a luz eterna”, escreveu Dom Odilo Scherer, em nota.

HOMEM DE 37 ANOS É MORTO A TIROS NO SUMARÉ, EM MOSSORÓ.
As informações foram extraídas  do Blog Passando na Hora. 

A Polícia Militar registrou na noite deste domingo (3), um crime de homicídio em Mossoró. O crime aconteceu por volta das 22h10 na Rua Manoel Batista Neto, no bairro Sumaré, região Leste da cidade.

A vítima foi identificada como Bruno Fausto de Souza, 37 anos. Ele foi morto com vários tiros, que atingiram a região da cabeça e costas. Uma equipe do SAMU foi ao local apenas para constatar o óbito e acionar os serviços do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP).

As circunstâncias e possíveis motivação do crime serão investigadas pela Delegacia de Homicídios (Dehom).

A CÂMARA MUNICIPAL DE SERRA DO MEL FECHA O PRIMEIRO SEMESTRE DO ANO NA VILA RIO GRANDE DO SUL ANALISANDO PROPOSIÇÕES.

Sob o comando do Presidente Câmara Municipal de Serra do Mel, VEREADOR THIAGO FREITAS, os vereadores se reuniram em sessão intinerante, no justo propósito de discutirem projetos e proposições de grandes relevâncias para comunidade Serramelense.

Para fecha o semestre, o povo da VILA RIO GRANDE DO SUL, recebeu a oportunidade de expor todas as suas dificuldade, demandando pautas como construção de praça, reforma do posto de saúde, energia da escola, limpeza na vila, ampliação e a manutenção da iluminação pública da comunidade.

Segundo as lideranças, essa foi a melhor forma de ouvir de perto a nossa população e lutar para que todas as reivindicações sejam atendidas. Os vereadores acreditam que o projeto Câmara Intinerante seja o canal perfeito de captação de informação e a melhor ligação do povo com a Câmara Municipal, e consequentemente com o poder executivo.

Esse é o jeito simples que os vereadores de Serra do Mel usam para trabalhar pelo povo.

TUDO PELA REELEIÇÃO: FARRA FISCAL DO PACOTE DE BONDADES CHEGA A R$ 200 BI.

Conservador nos costumes, sem dúvida, promovendo um retrocesso de décadas nas políticas públicas, mas liberal na economia deixou de ser quando Bolsonaro entregou as chaves do cofre ao Centrão, em troca de proteção contra os pedidos de impeachment, e transformou Guedes num reles frentista sem poder.

Três anos e meio depois dessa conversa com o banqueiro, também não falta dinheiro para a campanha de reeleição de Bolsonaro. Só que agora o dinheiro vem diretamente dos cofres públicos, aplicado na veia dos eleitores pelo “pacote de bondades” do governo, que não para de crescer, podendo o gasto extra do orçamento chegar a algo entre R$ 160 e R$ 200 bilhões.

Enquanto se discute se um eventual governo do PT vai revisar ou revogar o “teto de gastos”, o pau da barraca de Paulo Guedes já foi chutado para o alto faz tempo pelo Centrão, e a farra fiscal anunciada até o final deste ano terá efeitos nos seguintes.
Tem de tudo no pacotão bolsonarista, a última tentativa para reverter os resultados das pesquisas negativas para o presidente, a menos de 100 dias da eleição.

Começou com o Auxílio Brasil, o novo nome do Bolsa Família, com o valor de R$ 400, a um custo que passou de R$ 35 bilhões para R$ 90 bilhões por ano, e agora pode subir para R$ 600, aumentando o rombo em mais 20 bilhões.

Depois, veio a redução de 25% no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e o limite de 17% no ICM (Imposto sobre Circulação de Mercadorias), que será rachado com os Estados e provocará uma perda de arrecadação orçada em outros R$ 20 bilhões só para o governo federal.

E assim foi indo, com a inclusão de novas bondades: 13º salário para aposentados, subsídios para o pix-caminhoneiro, no valor de R$ 1 mil por mês, e o auxílio-gás para famílias de baixa renda, ao custo de mais R$ 5 bilhões, sem falar no aumento de 5% para todo o funcionalismo, que por enquanto está suspenso.
A toque de caixa, tudo deve ser aprovado ainda esta semana para as medidas poderem entrar em vigor no mês de julho.

Perdido por perdido, o governo resolveu sair da retranca do teto de gastos e foi ao ataque da gastança na busca de votos, torrando recursos que não estavam no orçamento, aumentando os gastos e reduzindo a arrecadação, uma bomba-relógio fiscal que tem prazo para estourar no último dia do mandato.

O grande problema é que, mesmo assim, a conta não fecha, porque todas estas bondades podem rapidamente perder valor se o preço internacional do petróleo e o dólar continuarem subindo, provocando aumento da inflação, o fantasma que corrói a popularidade do governo e a renda dos trabalhadores, e se recusa a voltar para o armário.

Como a oposição não poderá votar contra essas medidas, que beneficiam a população mais vulnerável, o único obstáculo para a aprovação do pacotão seria a lei eleitoral. Para se precaver de mais problemas na Justiça, no entanto, Bolsonaro já providenciou um habeas corpus preventivo com o sempre prestativo advogado-geral da União, Bruno Bianco.

Em último caso, decreta-se o estado de emergência por conta da guerra na Ucrânia. Entramos na fase do vale-tudo por um voto para evitar que a eleição seja decidida no primeiro turno, nem que seja necessário quebrar de vez o combalido Tesouro Nacional.
Gostaria muito de saber se aquele presidente do banco estrangeiro ainda acha que fez um bom negócio em 2018, ao bancar esse desastre econômico, social e humanitário.
O que Paulo Guedes teria a lhe dizer hoje?
Vida que segue.

Fonte: Uol

FEIRA LIVRE DE SERRA DO MEL GANHA NOVA DIMENSÃO APÓS MELHORIA NO ESPAÇO.

A feira pública no município de Serra Mel continua funcionando a contento em seu novo local, no pátio construído pela Prefeitura Municipal, que fica ao lado do Mercado Público.

A cada feira, o número de participantes, seja feirantes ou usuários, tanto do município como de outras cidades, tem sido cada vez maior.
Isso porque, após a melhoria, principalmente com o piso intertravado, deixando o local mais amplo, possibilitou a instalação de barracas por parte dos feirantes, bem como a dos usuários e consumidores.

De acordo com o prefeito Josivan Bibiano de Azevedo, estas medidas foram tomadas para melhorar o trabalho dos feirantes e tornar nossa feira cada vez melhor para a população.

Mais comodidade às pessoas que trabalham como feirantes, assim como para os usuários”, ressaltou o prefeito.

PREFEITURA CONTINUA COM ROÇO EM ESTRADAS VICINAIS E DE ACESSO ÀS VILAS.

A Prefeitura de Serra do Mel, através da Secretaria de Infraestrutura, vem dando continuidade ao roço das estradas vicinais e de acesso às vilas, que durante o período chuvoso aumenta consideravelmente a quantidade de mato.

O objetivo é melhorar a visibilidade e a segurança dos usuários, com a eliminação do matagal que costuma crescer a beira das estradas e nos principais acessos das vilas.

“Estamos com esse trabalho de roço das estradas, facilitando o trânsito, melhorando o acesso e garantindo mais segurança, especialmente aos moradores”, disse o prefeito Josivan Bibiano de Azevedo (PL).

O PREFEITO DE SERRA DO MEL “BIBIANO” SOLICITA QUE O DEPUTADO GEORGE SOARES REQUEIRA A RECUPERÇÃO DA RN-011 ATÉ A BR-110

Preocupado com a situação da RN-011, que liga o município de Serra do Mel a BR-110, o prefeito Josivan Bibiano de Azevedo (PL), solicitou ao deputado estadual George Soares que pudesse apresentar requerimento na Assembleia Legislativa para a total recuperação da referida RN que se encontra esburacada e provocando acidentes, inclusive com vítimas.

De imediato, o deputado requereu junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, solicitando a recuperação total da RN-011 até a BR-110, devendo este ser encaminhado à governadora Fátima Bezerra e ao diretor do Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

Ao fazer a solicitação ao deputado, o prefeito demonstrou não apenas a sua preocupação, mas a de toda a população de Serra do Mel devido aos acidentes e perigo constante para quem utiliza diariamente a RN-011, que tem sua importância pela ligação com outros municípios, bem como para escoar produção e é bastante utilizada pelas empresas instaladas no município.

Por sua vez, o deputado George Soares disse que é imprescindível para o bom desenvolvimento dos municípios que o Governo do Estado realize ações de melhorias nas RN ‘s.

“Toda semana vem acontecendo acidentes na RN-011 devido a buraqueira, colocando em risco a vidas das pessoas que diariamente utilizam”, observou o deputado ao cobrar providências urgente.

SERRA DO MEL REALIZA SEMANA INTEGRADA DO MEIO AMBIENTE COM APOIO DA VOLTALIA

A Prefeitura de Serra do Mel, por meio da Secretaria de Turismo e Meio Ambiente e em parceria com a empresa Voltalia, realizou a Semana Integrada do Meio Ambiente de 2022, evento em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na data de 5 de junho.

A temática escolhida para 2022 foi “Uma Só Terra”, tendo palestras sobre conscientização ambiental, sobre coleta seletiva de resíduos, atividades de educação ambiental nas escolas, rodas de conversas, oficina de papel reciclável, dinâmicas educativas sobre a coleta seletiva de resíduos, entre outras ações.

A Semana Integrada do Meio Ambiente foi encerrada nesta sexta-feira, 10, com mutirão de limpeza na sede do município e também na RN-011, contando com a participação de 120 voluntários na coleta de resíduos, totalizando 1,3 toneladas.

“A proposta é uma Serra do Mel mais verde, conservação da qualidade do solo, garantia da biodiversidade, melhoria da segurança alimentar e qualidade de vida do nosso planeta”, comentou o prefeito Josivan Bibiano (PL), reforçando que cuidar do meio ambiente é uma ação importante, tanto faz o tamanho.